Criação do Google Ads Para Todos

google ads para todos apresentação

Bem vindo. Já lançamos o nosso primeiro episódio

Para quem é o Google Ads Para Todos?

 Se for uma pessoa interessada em conhecer mais sobre o Google Ads e estar informado sobre as novidades que vão surgindo à volta do Google. por favor visite o meu canal e  não se esqueça de subscrever e clicar na campainha.

Por favor faça um comentário, perguntas, esclareça dúvidas, faça sugestões, dê opiniões, etc. São sempre muito bem-vindas e dão um dinamismo especial ao Canal que vai permitir fazer crescer ao longo do tempo.

Este é um canal para falar sobre todos os assuntos possíveis e imaginários relacionados com o Google Ads. Por exemplo, os primeiros episódios,  entre 10 a 20 episódios que vamos realizar vão ser dedicados exclusivamente para fazer uma introdução ao Google Ads. Isto, basicamente porque como é para todos, significa que é para 3 grupos principais de pessoas.

  • Iniciantes: Pode ser para pessoas que têm uma simples curiosidade em saber mais sobre Google Ads. Saber do que se trata. Pessoas que sentem necessidade de conhecer mais sobre esta ferramenta para a sua organização ou empresa. Ver qual a aplicabilidade na mesma.
  • Avançado: Pode servir para outras pessoas que já tenham conhecimentos sobre o Google Ads. Que o utilizem de forma mais ou menos profissional mas que queiram acompanhar as novidades. É sempre importante para eventualmente, aprender e fazer melhorias
  • Profissionais: Pode ser também para profissionais desta área que já trabalhem Google Ads, tanto nas suas empresas, ou como freelancers e que queiram também contribuir e escutar opiniões diferentes. Contrastar os seus próprios conhecimentos ou renovar os seus conhecimentos.

 

Que tipo de conteúdo vai ter?

Portanto, tendo isto em consideração é um programa para todos e vai ter várias fases e várias sequências. Nesta primeira fase vamos abordar temas como o que é o Google Ads até como estruturar uma conta. Compreender o que é isso, afinal, das palavras-chave. Navegar na própria aplicação para entender os vários menus e as várias e as várias opções que temos à nossa disposição. Entender o que são modelos de atribuição. Entender como fazer o acompanhamento dos principais indicadores. Obter indicadores para garantir que as nossas campanhas sejam rentáveis. Entender muita, muita coisa que existe à volta desta ferramenta tão potente. Ao mesmo tempo algo complexa e que merece bastante atenção de para quem queira para tal e com profissionalismo. Depois desses episódios iniciais dos nossos episódios, vão versar sobre internas diferentes sobre tópicos diferentes. Vamos ter com certeza vários episódios, não só um a volta do um tema. Mas vamos falar do que são conversões  e para que servem- Que tipos de conversão devemos utilizar.  Queremos ter episódios em que vamos tentar perceber qual é a integração que o Google Ads pode ter com outras ferramentas do Google. Pode ser o Google analytics, Google Tag Manager, ou outras, o Data Studio e muito mais.

 Vamos ter episódios em que vamos ter entrevistados. Vamos ter convidados. Vamos ter pessoas que nos vêm falar sobre a sua experiência com o Google Ads. Podem ser outros profissionais. Pode ser, por exemplo, pessoas que utilizam o Google Ads para as suas empresas e que nos expliquem como é a sua experiência? Também podem ser pessoas que não têm conhecimento absolutamente nenhum do Google Ads e que nos vão dar a versão do Público em geral.

 

O Google Ads e outras ferramentas de Marketing Digital

 

O marketing digital é um conjunto de ferramentas dentro do âmbito mais geral do marketing.  Que se tornou essencial para todas as empresas. Para todas as empresas e para todas as organizações, mesmo.

Existem muitas ferramentas ou muitos meios de fazer marketing digital hoje em dia. Existem as redes sociais. As empresas têm aí os seus próprios canais ou propriedades, as suas próprias contas. Através da qual comunicam com os seus subscritores, com os seus fãs e que é uma comunicação direta.

No caso das redes sociais essa comunicação é hoje muito limitada pelas próprias redes sociais. Para vos dar ideia, uma organização que tenha uma página no Facebook e que faça posts orgânicos, em média, alcançará apenas 5% das pessoas que sigam o canal dessa essa página.. O que é francamente pouco.

Por isso existe a publicidade em redes sociais, que é uma publicidade mais convencional no sentido em que nós preparamos uma mensagem que será dirigida a um Público alvo. Muitas vezes de forma bastante segmentada. É no entanto uma mensagem que esse publico-alvo não está a solicitar.  Portanto, recebe a mensagem de uma forma passiva enquanto faz scroll no Facebook, ou,  enquanto vê ideias no Pinterest, ou, vê as últimas notícias no Twitter.

Depois temos ainda o e-mail marketing, que muitos consideram ser talvez das ferramentas de marketing digital com melhor retorno sobre o investimento. Afinal, enviar um e-mail não é uma coisa assim tão cara. Apesar disso, o planeamento de uma boa estratégia de e-mail marketing pode ter algum investimento que não é assim tão pouco. A preparação dos e-mails, todo o delinear da estratégia de comunicação, a utilização de ferramentas avançadas de divulgação desses próprios e-mails, etc, podem ser bastante caros.

Temos ainda o influencer marketing e muitas outras ferramentas que se podem utilizar em termos de marketing digital para comunicar com os nossos clientes.

 

O funil de vendas e o Google Ads

 

Depois entramos num outro mundo. Mais dirigido ao fundo do funil do nosso Público alvo. Este conceito de funil, talvez para aqueles que têm menos contato com marketing,  é bom podermos definir. Vamos falar muitas vezes dele.

 

É uma espécie de imagem que em marketing se utiliza muito para definir aquilo que é o nosso público-alvo.

Representa todos os clientes atuais e potenciais. Está constituído de várias pessoas com diferente nível de interesse ou de engagement com a nossa serviço ou com o nosso produto, ou, com a nossa empresa? Na parte superior do funil, como o próprio nome indica, existe uma maior quantidade de pessoas. Essas pessoas são aquelas que ainda estão numa fase de awareness, ou seja, são pessoas que ainda estão numa fase de ganhar conhecimento do nosso produto ou serviço. Normalmente nesse nível, as pessoas não são tão sensíveis às mensagens publicitárias. Utiliza-se muitos as mensagens que se transmitem através das redes sociais ou através de vídeo, ou ainda, através da rede Display, que é a publicidade que se faz em jornais e blogs na ionternet

Normalmente funciona bem porque essas pessoas não estão à procura de rigorosamente nada e, portanto, vão recebendo uma mensagem que vai criando um determinado brand awareness para o nosso produto e a nossa marca.

Depois, temos pessoas que estejam a meio do funil. São pessoas que, apesar de tudo, já tem algum interesse ou já procuram ou já são sensíveis a informação sobre o nosso serviço ou sobre o nosso produto. Também se pode utilizar muitas das ferramentas de que falámos atrás. Por exemplo o e-mail marketing ou o Search Engine Optimization.

O SEO (Search Engine Optimization) também é algo que se utiliza muito no fundo de funil. Os clientes que estão no são aqueles que já estão activamente à procura de algo. À procura daquilo que  oferecemos na nossa organização. Estão ativamente à procura, significa que estão a ir aos motores de busca. Procuram as redes sociais e motores de busca. Há muitos motores de busca para além do Google. Não é só o Google que existe. O segundo maior motor de busca é o youtube. Por acaso parte do Universo Google. Outro motor do mesmo grupo é o Google Maps. As redes sociais também servem de motor de busca para muitas pessoas. A Amazon. A Yelp e muitos mais.

As pessoas que estão no fundo do FUNIL são um grupo mais pequeno. São pessoas que estão prontas a comprar o produto ou serviço que vendemos. É aí que entra muito o SEO e o Google Ads. Este ultimo é a versão paga do SEO.

 

Vantagens do Google ads sobre o SEO

 

Todas estas ferramentas são utilíssimas para as empresas.  Particularmente o Google Ads em relação ao SEO, tem a vantagem de que é uma coisa que se pode preparar de um dia para o outro. Ou seja, hoje não estamos a comunicar com ninguém, mas amanhã, uma vez montada a nossa campanha, uma vez aberta a nossa conta no Google Ads, podemos imediatamente começaram impactar clientes potenciais. Especialmente, mas não só, a nossa clientela do Fundo do funil. Também podemos, obviamente, impactar pessoas que estejam numa fase ainda de awareness. Mais à frente falaremos sobre todas essas coisas. A diferença é que em relação ao SEO é o tempo. Se criar uma empresa que vende telemóveis, por mais que otimize o meu web site, não vou conseguir amanhã impactar ninguém. Quando as pessoas procuram na barrinha do Google por comprar telemóveis, as minhas páginas não vão aparecer.

Possivelmente, aliás, não vou conseguir nem amanhã nem daqui a um mês, nem daqui a um ano. Comprar telemóveis, talvez seja dos termos mais competitivos que há. Existem imensas empresas a tentar chegar ao topo do ranking do Google do Search Engine results. E, portanto, é preciso investir muitíssimo em termos de SEO,  optimizações. É preciso investir muito em termos de conteúdo no nosso website. O nosso site, que invariavelmente não vai ter a mesma antiguidade que outros websites e, portanto, não vai ter autoridade e o expertise de outros websites. Ao longo dos anos é natural que o Google atribua maior relevância ao nosso website.

Bem a alternativa é simples: Google Ads. Basta criarmos uma campanha, clicar enter, ativá-las, pô-las a correr e a partir desse momento, podemos começar impactar o nosso Público. Portanto, em termos de prioridade das ferramentas de marketing digital, eu diria que para qualquer empresa, o Google Ads deveria estar no topo da lista.

É talvez a primeira ferramenta de marketing digital para que qualquer organização deveria olhar. Impacta diretamente os clientes que estão no fundo do funil e que serão talvez aqueles que estão mais perto de se materializar onde se monetizar em relação ao negócio da empresa. Segundo, porque, ao contrário do SEO, é extremamente fácil começar a comunicar com esses clientes. Por isso dedicamos toda uma serie de episódios ao Google Ads.

O domínio da Google

 

É importante a esta altura fazer uma clarificação: estas conversas vão ser muito centradas à volta do Google.

O Google não é o único motor de pesquisa existente no mercado. Existem outros. Existe um motor de pesquisa da Microsoft que se chama Bing. Existe o Yahoo. Na China o Baidu.

Agora o que é verdade é que o Google é dominante. Para vos dar uma ideia o Google corresponde a 92% de todas as pesquisas realizadas. Número que em Portugal ainda é superior. Representa cerca de 94% de todas as pesquisas realizadas nos computadores no nosso país. Curiosamente, o Bing representa apenas 3%. Portanto, quem quer dominar os motores de pesquisa tem que saber o máximo sobre como funcionam as ferramentas e os algoritmos do Google.

Os restantes motores acabam por copiar o líder. Portanto, tudo o que dissermos é normalmente aplicável também aos outros motores de pesquisa.  Quando abrimos uma conta na Microsoft Ads para fazer publicidade no Bing, uma das opções que nos oferecem, é podemos fazer a importação de todos os parâmetros da nossa conta Google Ads imediatamente para o Microsoft, incluindo os próprios anúncios. Isso já diz muito de como é dominante o Google neste universo.

 

Para que empresas ou negócios serve o Google Ads?

 

É aplicável a todas as empresas. Considero que o Google Ads por todas as empresas e organizações.  Eu tenho dificuldade em pensar numa única organização que não pudesse beneficiar de utilizar o Google Ads. É fundamental para comunicar com o seu Público alvo.

Características dos episódios do Google Ads Para Todos

 

Os nossos episódios vão ter uma duração média de 30 minutos. Haverá episódios mais curtos e outros mais longos.

A periodicidade vai ser semanal. Todas as semanas pretendo lançar um episódio novo.

Como disse no princípio, se porventura estiver interessado em seguir em acompanhar em saber mais sobre Google, por favor, subscrevam o Canal. Dê opiniões. Escreva nos comentários.

Por favor, carregue na campainha para estar informado sobre a saída de novos episódios.

~

Patrocínio da Marketing Digital Lisboa

 

Este canal tem o Patrocínio da marketingdigitallisboa.com. É uma empresa da qual eu sou fundador. Fundamentalmente presta serviços relacionados com Google Ads ou SEO.

Utilizamos as outras ferramentas de marketing digital.

Como é que funcionamos? É muito simples.

Se você é empreendedor. Está interessado em desenvolver uma estratégia de marketing digital para a sua empresa mas não tem nem tempo, nem o nível de conhecimentos requerido. Nem as equipes para fazerem isso por si, então normalmente, o ideal é recorrer a alguém externo.  Alguém que possa cuidar dessa atividade.

Se sentir que se encontra nesse conjunto de pessoas, por favor contate-nos. Marque uma reunião.  Teremos uma conversa para entendemos qual é o seu negócio, quais são os seus objetivos e tratamos de lhe mostrar vários caminhos alternativos. Aquilo que são as principais ferramentas que podem ajudar na melhor comunicação da sua mensagem ao seu público-alvo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print
Share on email

José Alexandre Trindade

Bem Vindo ao nosso Blog

Acompanhe todas as notícias que vamos produzindo sobre Marketing Digital. 

Conteúdo atual e interessante sobre as várias ferramentas e canais de marketing digital. Desde novas tendências, até noticias sobre lançamentos recentes. 

Blogs Mais Interessantes
Blogs Mais Interessantes

Uso da Internet em Portugal