google-site-verification: google90e7369a9bb5e022.html

Como funcionam as Experiências no Google Ads? 2022

Os rascunho e experiências no Google Ads são uma ferramenta essencial para uma boa gestão de Google Ads.

Permite aprender e desenvolver as nossas capacidades como gestores de contas de Google Ads.

Esta ferramenta só pode ser utilizada de momento para campanhas de pesquisa e de display.

Conteúdo

Como funcionam as Experiências no Google Ads?

O que são as experiências no Google Ads?

O que são os rascunhos no Google Ads?

Mudanças recentes nos Rascunhos e Experiências no Google Ads

Como criar uma experiência de campanha no Google Ads?

Experiências com variação de anúncios

O relatório de experiências no Google Ads

O que são as experiências no Google Ads?

As experiências no Google Ads, são fundamentalmente a possibilidade de duplicar uma campanha do Google Ads, mudando as suas definições originais.

Ver qual o impacto que isso pode ter nos resultados.

Estabelecemos objetivos de comparação com a campanha original.

Após um tempo, das duas a correrem lado a lado, vemos qual teve a melhor performance.

Se for a experiência, então é bem possível que queiramos utilizar essa de futuro.

Basta substituir a base pela campanha alterada.

As experiências no google ads permitem-nos testar definições diferentes, diferentes táticas de biding, texto nos anúncios e muito mais.

No marketing digital, experimentar ou testar os nossos esforços, é fundamental.

Testar, testar, testar…. É o lema. E isso só se consegue fazer com muita gestão da conta. E portanto, testando muita coisa. Fazendo muitas experiências no google ads.

Imaginem que temos na nossa conta uma recomendação para utilizar a maximização de conversões numa campanha.

Uma das formas que temos para avaliar se essa recomendação é boa ou má é fazer uma experiência.

Criamos a experiência e durante 30 dias vemos como corre. No final vemos que resultados é que obtiveram em confronto direto.  

O trafego gerado pelos cliques dos nossos anúncios vai ser dividido entre as vários usuários na proporção que nós definirmos.

Recentemente fiz exatamente isso com um cliente. Tinha uma campanha só com palavras-chave de correspondência de frase, mas sentia que estava a perder eventualmente algumas consultas que podiam ter potencial para o meu cliente.

Corri uma experiência e o resultado final foi muito positivo como podem ver,

about:blank

experiência no google ads
exemplo de experiência no google ads

Com mais ou menos o mesmo orçamento, consegui fazer crescer o valor de conversão de forma espetacular.

Como vêm acima existe a campanha “base” e a campanha “avaliação”, ou seja a campanha experiência.

Também podem ver no quadro que a experiência foi concluída e que existe um botão que diz “aplicar experiência”. É tão simples quanto isso. Se estivermos contentes com o resultado, simplesmente aplicamos a mudança a toda a campanha.

O que são os rascunhos no Google Ads?

Os rascunhos do Google Ads são, ou eram, um passo inicial de fazer uma experiência em Google Ads.

Pegamos numa campanha e fazemos todas as alterações que quisermos.

Um ponto importante a referir a esta altura do campeonato. É melhor fazer uma alteração por cada experiência. Se o objetivo é tentarmos saber se queremos mudar alguma coisa. É como fazer um google ads A/B test. Se mudarmos mais que uma variável, nunca saberemos qual é o contributo individual de cada mudança para os resultados.

O rascunho não vai ter trafego próprio. Portanto não sabemos se funciona ou não.

Como veremos a seguir, hoje em dia os rascunhos deixaram de ser necessários.

Mudanças recentes nos Rascunhos e Experiências no Google Ads

Para aqueles que já andam há mais tempo nisto, as experiências no Google Ads mudaram bastante nos últimos meses. Estas também são conhecidas por experimentos google ads.

Antes o processo de criação de uma experiência era bastante diferente.

Primeiro criávamos o rascunho. Que não é mais que uma cópia da campanha original.

Fazíamos algumas alterações e depois então aplicávamos essas mudanças a uma experiência.

Agora a criação de uma experiência no google ads começa diretamente por se selecionar a campanha que queremos testar.

Como criar uma experiência de campanha no Google Ads?

Então vamos lá ao que interessa. Como se cria uma experiência no Google Ads.

Começamos por ir até à coluna da esquerda e carregamos em experiências,

quadro inicial das experiências no google ads
quadro inicial das experiências no google ads

Como se pode ver, o google diz-nos que devemos primeiro aceder a todas as campanhas.

Note-se que se estivermos a navegar a nível de grupo de anúncios ou de extensões ou outro mais baixo, a opção não está disponível.

Só desde aí é que é possivel criar uma experiência no google ads.

Ao faze-lo vai então aparecer um quadro com todas as experiências no google ads realizadas e com o nosso já famoso circulo azul com o sinal +

adicionar uma nova experiência no google ads
adicionar uma nova experiência no google ads

Ao faze-lo somos levados para o quadro de criação dessa experiência. Podemos começar a inserir as definições da nova experiência.

A primeira coisa que devemos definir é o tipo de experiência que queremos realizar.

tipos de experiências no google ads
tipos de experiências no google ads

Vamos primeiro optar por ver como funciona uma experiência personalizada e mais para o fim explicamos as diferenças para o que significa otimizar anúncios de texto.

As experiências de vídeo são em tudo iguais, pelo que não vale a pena detalha-las.

Para o nosso caso, vamos usar uma campanha de pesquisa para exemplificar.

Os vários passos para a criação da campanha seriam

  1. Atribuição de um nome à experiência

Uma boa prática ao atribuir o nome à experiência é mante-lo relevante em comparação com o nome da campanha.

Por exemplo se a minha campanha se chama “Particulares | CPC Otimizado”. E o meu objetivo é mudar o tipo de correspondência das palavras chave para amplas, eu escreveria algo como “Particulares | CPC Otimizado | KW Broad”.

Ou seja repito o nome da campanha, mas deixo claro qual é a experiência que estou a realizar

  • Descrição da experiência

Também é uma boa prática descrever quais são os objetivos da nossa experiência. Com tanta informação, no futuro pode-nos fazer falta.

  • Selecionar a campanha

Trata-se de identificar a campanha sobre a qual queremos atuar. Sobre a qual queremos que se realize a experiência.

  • Sufixo

Basicamente repete-se a identificação da campanha. Basta retirar a duplicação do nome da campanha para que faça mais sentido.

dados para uma experiência no google ads
dados para uma experiência no google ads

E com isto temos a nossa experiência criada.

Só há que definir ainda várias coisas sobre que experiência vamos fazer e como dividir o orçamento.

  • Fazer alterações

Podemos fazer as alterações que entendamos na campanha. Como se pode ver, podemos testar de tudo.

  • Métodos de licitação
  • Palavras-chave
  • Localização
  • Horários
  • Texto dos anúncios
  • Ajustes de lance
  • Extensões
  • Etc…

Mais uma vez, é recomendável fazermos experiências no google ads mexendo em uma variável de cada vez.

No nosso caso vamos mudar as palavras-chave de correspondência de frase para correspondência ampla.

alterar correspondência de palavras chave
alterar correspondência de palavras chave

Ficam a conhecer também este truque. Se selecionarmos todas as palavras-chave, podemos, em bloco mudar o tipo de correspondência de frase.

Recomendo a leitura do artigo e visionar o vídeo sobre o tipo de correspondência de palavras-chave.

  • Objetivos da Experiência

Outra parte fundamental da nossa experiência é definirmos aquilo que pretendemos obter com este ensaio.

Todas as métricas estarão disponíveis para visualização. Mas nem todas podem ser consideradas objetivo principal. O Google só nos permite escolher como objetivos principais um pequeno numero de dimensões.

Por exemplo não permite o CPC médio que seria o favorito de muitos utilizadores.

No nosso caso vamos escolher que pretendemos aumentar o valor de conversão a dividir pelo custo. O nosso famoso ROAS.

objetivos da experiência no google ads
objetivos da experiência no google ads
  • Divisão de orçamento

Quanto queremos dedicar à experiência?

O meu conselho para a distribuição do orçamento, é que seja o suficiente, para que a experiência seja relevante. É importante que a campanha de teste tenha capacidade de gerar dados suficientes.

Se tenho 50 conversões por mês, possivelmente seria indicado um split de 50/50. Se temos 5000, talvez seja mais seguro e suficiente atribuir só 20% a campanha teste.

divisão do orçamento na experiência
divisão do orçamento na experiência

Nas opções avançadas podemos ainda decidir como queremos que se impacte as pessoas ou utilizadores. Se basearmos a divisão em cookies, estamos a dizer ao google para não mostrar à mesma cookie (utilizador) as duas versões.

Baseado na pesquisa o mesmo utilizador pode ver as várias versões.

A não ser em volumes gigantescos, não acho muito relevante esta escolha, pelo que deixo sempre por defeito o “baseado em cookies”.

  • Duração e Sincronização da experiência

Para além de decidirmos quando é que a experiência vai entrar no ar e quanto tempo dura, temos também de informar o sistema se queremos que a experiência sincronize com a campanha base.

Aqui claramente a recomendação é para que se sincronize. O que isto significa, é que, se fizer alterações na campanha original, as mesmas serão sincronizadas na campanha de teste. Ou seja, no fim da campanha, todas as variáveis estiveram sempre sincronizadas, menos aquelas que quisemos testar.

Nem vejo porque é que alguém poderia querer não sincronizar.

sincronização da experiência
sincronização da experiência

E já está. Temos a nossa nova experiência a bombar.

Experiências no Google Ads com variação de anúncios

Como tínhamos dito podemos optar por testar apenas o texto dos nossos anúncios.

Eu diria que é menos útil que a anterior experiência.

A maneira como testo o copy dos anúncios é em geral criar mais um anúncio dentro do próprio grupo de anúncios e comparar ao longo do tempo o que tem melhor comportamento.

Mas por exemplo em anúncios dinâmicos de pesquisa isso não é tão fácil. Se adicionarmos um titulo à mesma campanha, não conseguimos perceber qual é o efeito sobre a performance da campanha.

Se usarmos uma experiência já podemos comparar.

Esta opção permite tornar o processo talvez mais ágil.

teste a variação de anúncios
teste a variação de anúncios

Por exemplo se na nossa loja de costura favorita 😂 eu quiser substituir a palavra costureira em todos os anúncios por alfaiate, conseguiria fazer isso de uma penada só.

Só temos que definir os detalhes da variação.

Mais uma vez temos de atribuir o nome a esta variação. Eu possivelmente escolheria algo como “Substituição de “costureira” por “alfaiate””. Devemos tentar ser claros nos nomes que atribuímos. Mais tarde se não o fazemos a nossa análise de resultados será menos intuitiva.

Também podemos criar uma variação em que mudemos a url de destino. Na prática para testar diferentes Landing pages.

Podemos ainda alterar simplesmente o texto. Podemos querer adicionar um titulo ou uma descrição nova.

No seguinte exemplo imaginemos que quero fixar os meus títulos com a marca na terceira posição do meu anúncio. 

Para aqueles que não leram o artigo ou viram o video sobre como criar uma campanha recomendo que o façam.

Marcar uma posição de um titulo basicamente fixa esse titulo numa das 3 posições disponíveis.

Por defeito nenhum titulo é fixado. Aliás existe uma grande discussão sobre se é vantajoso ou não fixar títulos.

fixação de posições em variações de anúncios
fixação de posições em variações de anúncios

O relatório de experiências no Google Ads

Feita a experiência, a mesma começa a rolar. Começa a gerar dados.

Uma das coisas agradáveis que acontece de imediato é que nos relatórios de campanhas começamos a ver com as mesmas colunas e informação como é que essa experiência vai evoluindo no dia-a-dia.

experiências no dashboard do google ads
experiências no dashboard do google ads

Neste caso, fiz para uma clinica dentária, uma experiência que pelo nome se deduz imediatamente o que estou a testar:  a licitação.

Já falei duas vezes em tipos de licitação. Não se esqueça de ver o episódio no youtube sobre esta matéria.

A única coisa que mudei foi o Target ROAS que era de cerca de 450% e que baixei para 320% para ver se seria melhor para a performance da campanha.

Para ver com todo o detalhe posso ir às experiências no google ads diretamente e clicar na experiência que desejo observar e terei toda a informação.

Como sempre, posso parametrizar as colunas para aquelas que façam mais sentido.

relatório de experiências no google ads
relatório de experiências no google ads

Como podem ver, nesta experiência, as coisas não estão a correr muito bem.

Na primeira linha ficamos a saber que tipo de experiência é, e, qual a divisão de orçamento.

Depois, temos a informação de como correm os objetivos principais que marcámos para a mesma. Neste caso ainda não correram muitos dias de experiência portanto não tomaria nenhuma decisão sobre o assunto. E os dados não são corretos. Ou relevantes.

No entanto, se já tivesse concluído a minha experiência, ou se achasse que já tinha dados suficientemente relevantes, poderia aplicar a experiência.

O que isso significaria, é que a experiência substituiria a campanha base. Tão simples quanto isso. É brilhante, não é?

Mais abaixo podemos ver todas as colunas que considerarmos oportunas em confronto direto.

No presente caso,  a coisa não corre muito bem. O ROAS é quase metade, as conversões diminuem.

Se continuar desta forma o que farei é terminar a experiência. Para a qual também existe o botão indicado.

Usar experiências no Google Ads para testar o índice de qualidade

Um dos grandes mistérios do Google ads é a forma como o índice de qualidade é calculado.

Com as experiências no google ads podemos testar formas alternativas de conseguir melhorar o índice de qualidade.

Na verdade, vamos poder obter um índice de qualidade para cada palavra-chave dentro da nossa campanha de experiência.

Imaginemos que estamos a ter um mau índice de qualidade e quando analisamos em profundidade, verificamos que a relevância dos nossos anúncios é sempre “baixa”.

Ora aqui está um caso em que uma experiência pode ajudar.

Fazemos um teste em que mudamos os títulos dos nossos anúncios, ou mesmo as descrições. Depois vemos se os resultados são melhores, mas vemos também se o índice de qualidade melhorou para as nossas principais palavras-chave.

Caso clássico das experiências no Google Ads de formas de licitar

Eu diria que é um dos casos práticos mais evidentes. Há sempre muitas dúvidas sobre qual é o melhor método para licitar os nossos anúncios.

A solução passa por fazer uma experiência e por em contraste dois métodos diferentes. Já vimos que basicamente se trata de fazer testes sem alterar campanhas originais. É a única variável em que tocamos, mas que tem um impacto significativo nos resultados. Se fizermos isto de uma forma sistemática, haveremos de encontrar sempre o melhor método de licitar.

Existem muitos outros casos práticos em que uma experiência pode ser usada. Imagine só o potencial que esta ferramenta não tem. É brutal.

E é tudo sobre as experiências no Google Ads. Como pode ver é algo muito importante.

Permite estudar e fazer diferentes hipóteses.

Permite até conhecer melhor a dinâmica de uma campanha. Como reage o algoritmo.

Ajuda-nos ter uma melhor visão de como estão a funcionar as nossas campanhas. Sobretudo e finalmente permite-nos extrair maior valor das nossas campanhas, ao longo do tempo.

Indubitavelmente algo a utilizar entre as ferramentas que temos à disposição.

Obrigado por ler até aqui.

Como sempre meto uma cunha para a nossa empresa.

Se precisar ajuda para gerir as suas contas de Google Ads, não deixe de contatar a Marketing Digital Lisboa. Temos todo o gosto em ajudar. Somos profissionais desta matéria. Não fazemos outra coisa durante os nossos dias que não seja gerir contas como a sua.

Como sempre também, este artigo terá um vídeo correspondente sobre a mesma matéria que recomendo veja no meu canal de youtube. Já que vai lá e tem interesse em Google Ads, não se esqueça de subscrever.

Até breve,

Jose Alexandre Trindade

Como criar uma experiência no Google Ads?

Basta ir ao menu do lado esquerdo e clicar em experiências. O nosso artigo explica com maior detalhe os vários passos que têm que se tomar para criar uma experiência

Como testar anúncio Google Ads?

A melhor forma de testar anúncios diferentes no Google Ads é utilizando as experiências. Estão disponíveis para o nível de campanha. Basicamente o que as experiências fazem é, de uma forma automatizada duplicar a campanha.
A partir daí alteramos as definições da campanha original que entendermos e podemos começar a experiência.

José Alexandre Trindade

Bem Vindo ao nosso Blog

Acompanhe todas as notícias que vamos produzindo sobre Marketing Digital. 

Conteúdo atual e interessante sobre as várias ferramentas e canais de marketing digital. Desde novas tendências, até noticias sobre lançamentos recentes. 

Blogs Mais Interessantes
Blogs Mais Interessantes

Uso da Internet em Portugal